quarta-feira, 22 de junho de 2011

Noticias de Dois Riachos

Dois Riachos, Maio 2011

Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desesperados; perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos; (II Co 4:8-9)

Graça e paz, queridos irmãos e cooperadores de ministério!
É com grande alegria que escrevemos para compartilhar o que Deus nos proporcionou no mês de Maio. Diante das lutas que têm nos sobrevindo, o Senhor tem se mostrado fidedigno em todos os Seus propósitos e nada tem nos feito parar. Continuamos contentes no Senhor, refletindo e vivendo o texto acima citado.
No Dia das Mães, proporcionamos um chá da tarde e foi uma bênção. Compartilhamos a Palavra de Deus e refletimos um pouco sobre o papel delas no lar, fomos muito edificadas e o Senhor foi glorificado. Tivemos 10 mães nos visitando naquela tarde e para nós foi uma grande vitória, pois a cada dia as pessoas têm estado mais resistentes ao Evangelho.
Tivemos o privilégio de termos a terceira equipe do Radical Sertão conosco durante um final de semana. No sábado, fizemos um culto na rua e no domingo, em frente a Igreja. foi uma bênção!
Nós estamos com os nossos corações alegres por que houve mais uma conversão, o Sr. João entregou sua vida a Jesus. Há dias o estávamos evangelizando e para glória de Deus, ele fez sua confissão de fé. Queremos pedir oração por ele, como vocês sabem, não é fácil quando alguém se decide por Jesus. Há muita cobrança por parte do povoado que começa a perseguir o novo convertido. Para vocês terem idéia, um senhor que é amigo de longas datas do Sr. João vive falando: “Aquele é um burro, idiota. Como pode fazer isso? Um homem de idade fazer uma loucura dessas”. Orem por Sr. João, ele precisa de nossas orações para continuar convicto e não desanimar.
Ainda pedimos oração pelo jovem José[1], há algum tempo ele tem estado conosco em todas as programações da Igreja, mas ainda não se decidiu porque seus pais não permitem sua conversão. Queridos, não é fácil para o sertanejo contrariar seus pais, tendo em vista que para eles o laço familiar é muito forte e eles não têm coragem de desapontá-los. Aqui no sertão, verdadeiramente se cumpre aquela palavra que diz: Não penseis que vim trazer paz a terra; não vim trazer paz, mas espada. Pois vim causar divisão entre o homem e seu pai, entre a filha e sua mãe, e entre a nora e sua sogra. Se esse jovem tomar essa atitude, esse texto se cumpre literalmente e ele ainda não está preparado para isto. Orem por ele.
Agradecemos a cada um de vocês por andarem conosco nessa missão, pelo carinho, amor e toda ajuda que vocês têm nos dado. É gratificante tê-los nos apoiando e segurando as cordas conosco. Deus os abençoe, recompense e encha seus corações de alegria!

Orem conosco por:

·         Nossa vida: espiritual, emocional, física e financeira;
·         Pela construção da Igreja;
·         Por conversão de famílias;
·         Por uma liderança nativa.


No amor de Cristo, seus servos,
                                   Samuel, Estelita e Hadassa (ester.samuel@hotmail.com)


[1] Nome fictício 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A História de Mary Jones